Como monitorar o desempenho na barra de tarefas do Windows 10 - Gel Tutoriais

Só as Melhores.

Post Top Ad

sábado, 28 de outubro de 2017

Como monitorar o desempenho na barra de tarefas do Windows 10



Lentidão no computador é um problema que todo mundo acaba enfrentando em algum momento. Como os programas e sites que usamos vão ficando mais pesados conforme os novos computadores se tornam mais potentes, nossas máquinas vão se tornando menos ágeis para acessá-los.
Quando a lentidão começa, uma das medidas mais certeiras é abrir o gerenciador de tarefas para descobrir qual programa está exigindo demais do processador ou da RAM. No entanto, em alguns casos, até mesmo abrir o gerenciador de tarefas pode demorar um monte. Não seria melhor se as informações de desempenho do gerenciador de tarefas estivessem acessíveis mais facilmente?

Felizmente, há uma maneira de se fazer isso. É necessário, para isso, instalar um programa pequeno e gratuito chamado XMeters. O XMeters faz com que os dados de uso de CPU, RAM e rede fiquem sempre visíveis na barra de tarefas do Windows 10 (que, por padrão, fica na parte inferior direita da tela).

Se interessou? Veja abaixo como deixar os dados de desempenho sempre visíveis na barra de tarefas instalando e configurando o XMeters:

1. Acesse https://www.entropy6.com/xmeters/download e baixe a versão gratuita do programa. A única diferença entre ela e a versão paga é que a segunda permite que você configure a taxa de atualização dos dados como quiser;

2. Feito o download, clique no ícone baixado e siga as instruções na tela para instalar o programa. Pode ser necessário reiniciar o computador no fim do processo;

3. No final da instalação, você verá a tela inicial do programa, que tem essa aparência:


4. E se você olhar na parte inferior direita da sua tela, deve ver os seguintes ícones:


Da esquerda para a direita, esses ícones representam:

- As barras representam os núcleos do seu processador (quanto mais cheias elas estiverem, mais carregados estão os núcleos);

- Os dois números seguintes representam a velocidade de leitura (o de cima) e escrita (o de baixo) de dados no disco;

- Os próximos números se referem à velocidade de dados enviados (em cima) e recebidos (embaixo) da internet;

- Finalmente, o gráfico de pizza no canto direito representa o uso de RAM da sua máquina.

5. Voltando à tela inicial do programa. Clicando nas caixinhas ao lado de cada um dos itens (CPU, Storage, Network e RAM), você pode selecionar se quer que eles apareçam ou não na barra de tarefas;


6. Se você clicar no texto de um dos itens, ele ficará sublinhado; isso permite que você edite a maneira como a informação aparece na sua barra de tarefas, com as seguintes opções:


7. Ao lado de "Type", há as opções "Bar", "Pie" e "Text". "Bar" faz com que a informação seja mostrada na forma de um gráfico de barras; "Pie" faz com que ela apareça como um gráfico de pizza. Finalmente, "Text" faz com que apenas os números ou porcentagem sejam mostrados;

8. "Refresh rate" é a taxa de atualização das informações. Na versão grátis, o mínimo é 3 segundos; o máximo é 10 segundos; 

9. Na parte "Colors", é possível mudar as cores de cada uma das informações, como a taxa de leitura e escrita, o contorno da barra de cada um dos núcleos, e o preenchimento do gráfico de pizza;

10. Finalmente, na parte inferior da tela, é possível escolher opções de visualização específicas de cada área. Na aba "CPU", é possível escolher mostrar cada núcleo separadamente, por exemplo. Na aba "Network", é possível selecionar também qual interface de rede você quer monitorar.



Post Top Ad