Android poderá ser atualizado mesmo se o celular não tiver mais espaço - Gel Tutoriais

Só as Melhores.

Post Top Ad

terça-feira, 8 de agosto de 2017

Android poderá ser atualizado mesmo se o celular não tiver mais espaço



O Google possui uma nova ferramenta de atualização do Android que deve facilitar a vida dos usuários que estão com pouco espaço livre no celular. A novidade, que deve chegar com o Android O, deve ajudar a realizar a atualização sem precisar apagar aplicativos ou limpar as fotos do aparelho.

Como funciona hoje: quando uma atualização é liberada para o seu celular, você precisa fazer o download de um arquivo de, normalmente, 1 GB. Esse bloco é baixado para a partição de armazenamento do usuário, para que o update seja instalado na partição do sistema. Se você não tem espaço, vai precisar dar um jeito de liberá-lo, o que normalmente é um processo triste e que exige sacrifícios.

Com o novo sistema, porém, o Google deve driblar essas restrições, mas não é nenhuma mágica. Android 7.0, a empresa introduziu um novo sistema de duas partições do sistema, que reduziria o transtorno que é esperar vários minutos (dependendo, poderia chegar a uma hora) para concluir a atualização. A ideia era que enquanto você usa o seu celular na partição A, a instalação é feita na partição B. Ao final, o sistema coloca o usuário para usar a partição B como se nada tivesse acontecido.

Quando você está sem espaço, apenas a partição de usuário está cheia. Esse sistema A/B ainda tem espaço para atualizações. Como explica o site Ars Technica, o site source.android.com, que traz a documentação relativa ao código-fonte do sistema, aponta que, com o Android 8.0, o sistema poderá baixar os updates diretamente para a partição de sistema inativa, deixando-a em um estado pronto para o boot. Assim, não é mais necessário ter 1 GB de espaço livre na partição do usuário, e você não precisará mais limpar suas fotos e apps.

Segundo os documentos do Google, esse recurso também pode ser integrado ao Google Play Services, o que permitiria que a função fosse disponibilizada para aparelhos que não tenham o Android 8.0, atingindo também modelos com as versões 7.0 e 7.1.

Isso dito, o recurso deve permanecer opcional, e as fabricantes poderão escolher se oferecerão o sistema de partições A/B para seus usuários. Atualmente, são poucas as empresas que oferecem essa funcionalidade, então é possível que esta novidade útil continue restrita aos usuários do Google Pixel.

Post Top Ad