Ataque a servidor de DNS faz usuários acreditarem que o Google foi hackeado - Gel Tutoriais

Só as Melhores.

Post Top Ad

terça-feira, 3 de janeiro de 2017

Ataque a servidor de DNS faz usuários acreditarem que o Google foi hackeado


Fonte: Olhar Digital

Diversos usuários brasileiros foram às redes sociais nesta terça-feira, 3, denunciar um suposto ataque hacker ao Google. De acordo com relatos publicados no Twitter e no Facebook, o maior site de buscas do mundo - e uma das maiores empresas de tecnologia do planeta - teve seus sistemas comprometidos por um ataque conhecido como "defacing".

Ao digitar google.com.br, via-se a imagem do que parecia a cena de uma animação japonesa seguida da mensagem "esse é um ótimo momento para morrer", acompanhado de uma assinatura: Kuroi'SH, o suposto autor do ataque. O texto ainda dizia "dois Google de uma vez" e "recorde mundial". Aparentemente, apenas os brasileiros viram o tal ataque.
Se você tem uma conta em algum serviço do Google, porém, não precisa se preocupar: a empresa não foi realmente hackeada. Em nota enviada ao Olhar Digital, a assessoria de imprensa da gigante explicou o que aconteceu. De fato foi um ataque hacker, mas que não chegou nem perto do sistema do Google.
Segundo a empresa, o que aconteceu foi um ataque à empresa que gerencia os servidores de DNS usados pelo Google para manter seu domínio no Brasil. Um servidor de DNS nada mais é do que o responsável por localizar e trazer ao seu computador um endereço de IP buscado, e pode servir para acessar centenas de sites diferentes.
O que aconteceu, portanto, foi um ataque à empresa contratada pelo Google para direcionar os usuários brasileiros ao domínio "google.com". O que os hackers fizeram foi invadir o sistema de um desses servidores e redirecionaram os usuários que queriam acessar google.com.br para uma outra página, onde estava a tal mensagem maliciosa.
"O Google não é responsável pelos servidores de DNS afetados, por isso notificou os administradores, que corrigiram o problema em 30 minutos", disse a companhia. A situação já voltou ao normal, e como o próprio Google alerta, nenhum sistema, banco de dados ou informação sigilosa dos usuários foram comprometidos.

Post Top Ad